Saturday, June 6, 2020
Isenção e Verdade


BRF abre 100 vagas em Toledo e reforça medidas protetivas para contratação.

Oportunidades são para linha de produção; processo seletivo será online para garantir a segurança dos candidatos Uma das maiores companhias…

Por redacao gazeta , em Economia , no dia8 de abril de 2020, 15:50h

Oportunidades são para linha de produção; processo seletivo será online para garantir a segurança dos candidatos

Uma das maiores companhias de alimentos do mundo, ciente da sua responsabilidade frente à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), a BRF vem intensificando nas últimas semanas ações e procedimentos de saúde e segurança de todos os envolvidos em seu contexto operacional. Em Toledo, no Paraná, a empresa anuncia a abertura de 100 vagas fixas para Operador de Produção I. A empresa busca talentos para suas equipes de produção, frente ao desafio em manter o abastecimento para o Brasil e o mundo.

“Estamos continuamente tomando medidas para garantir a segurança de todos nossos colaboradores e parceiros ao longo da cadeia produtiva. Para a contratação desses postos, iniciaremos o processo seletivo online, com respostas a dúvidas, agendamento de horários, recebimento de currículos e documentos por meios digitais como e-mail e whatsapp”, reforça Weliton Roberto Shalabi, líder global de Recrutamento da BRF.

É desejável que os interessados sejam moradores de Toledo ou de municípios vizinhos e que tenham disponibilidade para início imediato. Pessoas com ensino fundamental incompleto podem se candidatar. Dentre os benefícios, a BRF oferece salário compatível com o mercado, assistência médica e odontológica, vale alimentação, seguro de vida em grupo e refeitório no local, loja de produtos com preços diferenciados, plano de previdência privada e cooperativa de crédito. Os interessados deverão entrar em contato pelo número de WhatsApp (45) 9 8823-1963 para o envio do currículo.

“As contratações contribuem para a manutenção da nossa operação e têm impacto direto na alimentação de milhares de famílias, além da gerar emprego para a economia local. Sabemos do nosso papel e responsabilidade perante as comunidades em que estamos inseridos”, completa o líder global de Recrutamento da BRF.

Seguindo recomendações de renomados especialistas e protocolos definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e demais autoridades de todos os países onde a BRF está presente, a Companhia desenvolveu planos de proteção aos trabalhadores e continuidade operacional. Instituiu, por exemplo, logo no início do surto, um Comitê Permanente de Acompanhamento Multidisciplinar, composto por executivos e médicos, incluindo o infectologista e professor da Universidade de São Paulo (USP), Dr. Esper Kallás.

Entre as medidas já adotadas em toda a Companhia, estão:

– afastamento de colaboradores com mais de 60 anos, gestantes e aprendizes;

– acompanhamento de suspeitas e afastamento de profissionais que possuam qualquer sintoma do vírus ou tenham tido contato com alguém contaminado;

– busca ativa de potencial contaminação das pessoas envolvidas em sua operação a cada novo caso identificado nos municípios em que a BRF está instalada;

– implantação de trabalho remoto para as funções administrativas que podem ser executadas a distância, assim como para todos os escritórios administrativos, com o objetivo de reduzir a circulação de pessoas e a exposição dos colaboradores das unidades;

– canal exclusivo de esclarecimento e orientação médica 24 horas por dia para colaboradores, familiares e agora estendido a integrados;

– medição de temperatura corporal no acesso à empresa;

– isolamento de 14 dias para aqueles que retornaram do exterior recentemente;

– antecipação de férias para quem possua dificuldades em relação à logística com filhos durante o período de paralisação das aulas;

– álcool em gel e/ou produtos de eficácia semelhante nas portarias, sanitários e áreas de grande fluxo de pessoas, além da aplicação de desinfetante nas mãos de funcionários e terceiros na entrada e saída da planta;

– intensificação da higienização das áreas coletivas: vestiários, refeitórios, bem como os veículos de transporte de funcionários, além de máquinas, equipamentos, instalações, paredes, pisos, maçanetas e corrimões das unidades;

– maior espaçamento entre mesas no refeitório para reduzir o contato das pessoas;

– nos locais com restrição de transporte público, reestruturação no transporte de funcionários para que os veículos fretados circulem com 50% da capacidade e reduzam ao máximo o contato durante o trajeto, além da higienização ao início e final da rota;

– adiamento de todos os treinamentos e eventos, com exceção dos treinamentos legais e obrigatórios, assim como restrição de participação dos colaboradores em eventos com grandes aglomerações de pessoas;

– restrição de acesso de visitantes a todas a suas unidades produtoras e centros de distribuição;

– ampliação de campanha interna para salientar atitudes preventivas que cada colaborador, parceiro e até mesmo integrado devem adotar para se proteger e ajudar a evitar a proliferação do vírus, além de explicações sobre como proceder se houver indícios de contaminação;

– adoção de novos procedimentos de segurança para motoristas como o uso de máscaras para aqueles vindos do exterior; limitação da circulação nas áreas comuns para diminuir risco de contágio; oferta de refeições prontas; acompanhamento da área médica caso motorista apresente sintomas e acompanhamento junto às transportadoras para tratar casos suspeitos. Dicas de higiene como limpeza do veículo, principalmente volante, maçaneta, parte interna das portas, câmbio, rádio e porta-luvas. Também atua junto aos transportadores para que todos os motoristas disponham de kit higienização com álcool gel para devida prevenção;

– para os produtores integrados, a companhia intensificou a comunicação, estendeu seu canal de esclarecimento e orientação médica 24 horas, além de reforçar orientações de higiene dentro e fora do ambiente de trabalho, como a limpeza correta das mãos, não compartilhamento de objetos pessoais, limpeza do veículo (principalmente volante, maçaneta, parte interna das portas, câmbio, rádio e porta-luvas), distância mínima de um metro entre pessoas, entre outras;

– cancelamento de viagens internacionais e nacionais, assim como as visitas às operações BRF (fábricas e centros de distribuição);

– reforço dos comitês locais para execução e acompanhamento das iniciativas, além da definição de ações específicas para cada localidade.

A BRF acompanha a evolução da doença no Brasil e não mede esforços para garantir a efetividade de suas ações, implementando novas medidas sempre que necessário e em consonância com as boas práticas da OMS e Ministério da Saúde. A Companhia segue empenhada em garantir abastecimento e atendimento da demanda da população por alimentos.

Sobre a BRF

Maior exportadora global de frango do mundo, a BRF está presente em cerca de 140 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 90 mil colaboradores no mundo, cerca de 265 mil clientes e aproximadamente 12 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.

Contato Imprensa – BRF

imprensa@brf-br.com

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: