Thursday, July 9, 2020
Isenção e Verdade


Município definirá abertura do comércio na próxima semana após análise dos pedidos das entidades.

Depois de o COE analisar todos os itens contido na carta de reivindicações e sugestões assinadas pela ACIT, o SINVAR,…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia27 de março de 2020, 21:04h

Depois de o COE analisar todos os itens contido na carta de reivindicações e sugestões assinadas pela ACIT, o SINVAR, o COMDET, o SINCOESTE e o SESCAP é que o prefeito Lúcio de Marchi irá assinar novo Decreto.  Vejam parte das propostas:

As propostas e sugestões:

Ouvindo o intenso apelo de seus representados e seus funcionários, pedem a Vossa Excelência, com o devido respeito, que se possibilite o retorno gradativo das atividades produtivas e econômicas do nosso município, respeitando, por certo, os cuidados fundamentais de higienização e de controle à aglomeração de pessoas.

Assim, apresentamos algumas sugestões que podem contribuir nesse processo, sendo:

a) iniciar a retomada da atividade econômica, formando um comitê que inclua lideranças empresarias, em número equivalente as demais áreas, com objetivo de que a reabertura gradativa aconteça a partir do dia 30/03/2020 e que isso possa ser definido por Decreto Municipal ainda hoje, dia 27/03/2020, para que se possibilite às empresas sua exata compreensão;

b) focar estratégia de quarentena e isolamento para os grupos de risco;

c) permitir que as empresas operem com horário normal, pois a redução do horário pode acarretar aglomerações nos atendimentos;

d) determinar que os segmentos de serviços e do comércio, mantenham o controle de acesso dos clientes respeitando as distâncias mínimas e fornecendo meios para a higienização dos colaboradores e clientes;

e) fornecer equipamentos de proteção para os colaboradores de vendas, produção e entrega, os quais possam, de alguma forma, ter contato com outras pessoas;

f) garantir aos colaboradores que se enquadram no grupo de risco fiquem de quarentena;

g) Retorno de atendimento mínimos em todas os órgãos da administração pública direta;

h) Realização de campanhas publicitárias de conscientização sobre a necessidade de retomada econômica e de minimização do medo de sair de casa incutido na população pelo momento pandêmico atual, proporcionando que as populações de baixo risco voltem a circular e viver suas vidas.

Reconhecemos o trabalho que vem sendo realizado pelo COE até então. Porém, acreditamos que profissionais de outras áreas também tem sua contribuição a dar pois o
“monstro” do desemprego e do caos social deve igualmente ser observado com a mesma intensidade que a epidemia que estamos enfrentando. Não há como separar a economia
da saúde das pessoas.

Nosso objetivo, como de todos os atores envolvidos, é salvar vidas.


Mas para isso, precisamos salvar os empregos de TODOS os trabalhadores e suas famílias que deles dependem.
Por fim, e não menos importante, requeremos a postergação da cobrança de tributos municipais (IPTU e ISS) dos próximos 3 (três) meses, para que sejam pagos nos meses de
outubro, novembro e dezembro, caso até lá tenha sido normalizado o atual cenário.

Acreditamos que juntos, com serenidade, perseverança e resiliência, conseguiremos sair dessa situação tão particularmente dramática.
Certos de poder contar com Vossa compreensão, aguardamos ansiosamente uma resposta formal ainda hoje para podermos ajudar na divulgação e conscientização da
comunidade da nossa cidade.

 

Prefeitos de 25 municípios da AMOP definem a volta ao trabalho.

A AMOP reuniu 25 prefeitos que compõe a entidade nessa tarde para deliberarem via vídeo conferência a volta do trabalho no comércio em geral e suas cidades. Por 14 votos favoráveis, conta 11 contrários ficou deliberado a volta dos atendimentos dentro das normas de higienização exigida e mantendo o “isolamento social”.

Retomada de atividades em Cascavel deverá ser amparada em orientações da área de saúde, recomenda MPPR.

Com o objetivo de assegurar a manutenção das medidas de contingência da propagação do Coronavírus (Covid-19), o Ministério Público do Paraná expediu recomendação administrativa para que o Município de Cascavel, se abstenha de permitir qualquer liberação contrária às orientações de isolamento até agora vigentes e determinadas pelas autoridades sanitárias.

Leia por completo:

https://gazetadetoledo.com.br/2020/03/27/decisao-sobre-retomada-de-atividades-em-cascavel-deve-ser-amparada-em-orientacoes-da-area-de-saude-recomenda-mppr-a-prefeitura/

 

Carreata e buzinaço em Toledo pedem “volta ao trabalho” terminou em frente à prefeitura.

Ação ocorreu nos entornos da prefeitura e da Acit na tarde desta sexta-feira (27) mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus. A mobilização pelo buzinaço de Toledo ganhou força em grupos de WhatsApp, porém ocorreu depois de as entidades representativas terem divulgado a carta de apoio a reabertura do comercio em geral e com responsabilidade.

 

Doses da vacina contra Influenza termina em menos de uma hora de atendimento em Toledo.

Houve filas quilométricas na Secretaria Municipal de Saúde no Jardim Gisela e nos Centros de Revitalização da Terceira Idade (Certis) para a vacinação e a GM teve que orientar e organizar as filas e o trânsito.  As 1.500 doses, distribuídas igualmente nos três locais enviadas pelo Ministério da Saúde acabaram em menos de uma hora. Para que as pessoas não ficassem nas filas esperando foram distribuídas senhas e quem não recebeu, terá que esperar para uma nova remessa que virá na próxima semana em data definida.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: