Thursday, July 16, 2020
Isenção e Verdade


Atividades a distância serão computadas como dia letivo em São Paulo

Medida é forma de garantir as 800 horas de atividades obrigatórias A Secretaria Estadual da Educação de São Paulo publicou…

Por redacao gazeta , em Educação , no dia19 de março de 2020, 15:55h

Medida é forma de garantir as 800 horas de atividades obrigatórias

A Secretaria Estadual da Educação de São Paulo publicou hoje (19) no Diário Oficial do Estado deliberação permitindo que atividades realizadas por meio de ensino a distância (EAD) com os alunos do ensino fundamental e médio, durante o período de suspensão das aulas, sejam computadas como dias letivos normais.

De acordo com a secretaria, a medida é uma forma de garantir as 800 horas de atividades escolares obrigatórias por lei para que se cumpra o ano letivo. As aulas presenciais na rede estadual de São Paulo começaram a ser suspensas gradativamente desde segunda-feira (16), como medida de prevenção à propagação do novo coronavírus.

A partir da próxima segunda-feira (23), as escolas serão fechadas por tempo indeterminado e os professores da rede estadual entrarão de férias. No entanto, haverá a presença de funcionários na secretaria das escolas para fazer o atendimento ao público e garantir a rotina de trabalho administrativa.

Ensino a Distância

De acordo com o secretário de educação, Rosseli Soares, o governo está estudando uma forma de implantar uma plataforma de ensino a distância para o período em que as escolas estarão fechadas. Segundo ele, a plataforma deverá reunir atividades pedagógicas, como vídeo-aulas, e que ajudem os professores a avaliar e compor notas aos estudantes.

Soares ressaltou, no entanto, que o governo ainda busca parceiros para garantir acesso à internet a todos os estudantes. “Estamos trabalhando com essa possibilidade de patrocínio da internet. Só é possível falar em internet se for acessível a todos os estudantes”, disse.

Segundo o secretário, a pasta trabalha também com a hipótese de encaminhar material pedagógico impresso, via correio, aos alunos do ensino fundamental. Soares destacou que as crianças, principalmente as dos anos iniciais, mantenham o ritmo de estudo para que não se comprometa o processo de alfabetização. “Estudos mostram que longos períodos de recesso podem trazer prejuízo à aprendizagem”.

Edição: Aline Leal / Liliane Farias

 Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: