Friday, April 3, 2020
Isenção e Verdade


Comandante geral de segurança do Paraná realiza aula inaugural de aperfeiçoamento a GMS de Toledo.

Autopromoção ou necessidade pública? A decisão é da 1ª Vara da Fazenda Pública do Paraná, em reposta a ação civil…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia2 de março de 2020, 17:28h

Clique Aqui


Autopromoção ou necessidade pública?

A decisão é da 1ª Vara da Fazenda Pública do Paraná, em reposta a ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizado Ministério Público do Paraná, a partir da Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público da Comarca de Toledo, condenou Lúcio à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos e pagamento de multa civil, no valor aproximado de R$ 184 mil reais.

 

Autopromoção ou necessidade pública? I

De acordo com a ação Lúcio de Marchi teria antecipado propositalmente a inauguração da Central de Especialidades Médicas e Saúde do Trabalhador para o dia 1º de outubro de 2018, poucos dias antes do primeiro turno das eleições para Governo do Estado, com a presença de diversas autoridades.

Autopromoção ou necessidade pública? II

Eu até concordo que ficou demonstrado a pressa nessa inauguração, mas, será que houve o dolo em sua conduta, por que, em 2018 também houveram essas acusações e ficou provado a não existem de elementos comprovatórios capaz de indicar que agiu com nítido intuito de violar os princípios de regem a Administração Pública e Lúcio foi inocentando.

 

Autopromoção ou necessidade pública? III

Creio eu, e espero estar certo que vai ter o mesmo resultado daquela ação do ano de 2018 que determinou a inexistência de má-fé e de desonestidade na ação do Prefeito, ao reproduzir uma prática absolutamente corriqueira e muitas ocasiões, de extrema necessidade principalmente quando se fala em saúde pública.

Nota sobre ação civil pública ajuizada pelo MPPR referente a Central de Especialidades

A ação civil pública, em que o Prefeito foi condenado, discute a inauguração da nova Central de Especialidades Osvaldo Luiz Ricci do Município de Toledo. Como todos sabem, no Município de Toledo existia uma Central de Especialidades que funcionava de forma precária, em anexo à sede da Secretaria de Saúde, onde eram feitos atendimentos até nos corredores, pela falta de espaço adequado, e haviam apenas 4 quatro banheiros, sendo que, destes, apenas 2 funcionavam. Neste mesmo local, em dias chuvosos, apareciam goteiras que colocavam até os pacientes em perigo, diante do risco de queda no piso escorregadio.

A nova Central, considerada a maior da região oeste do Paraná, no dia da inauguração contava com 13 consultórios médicos, 16 banheiros, um espaço físico adequado e confortável para os pacientes, possibilitando a implantação de novas especialidades ofertadas pelos alunos e professores do curso de Medicina da Universidade Federal do Paraná, e já atendia o mesmo número de pessoas que a antiga. Ou seja, não houve um dia de paralisação ou interrupção dos serviços aos pacientes.

Ademais, ao contrário da alegada finalidade eleitoral da inauguração, a decisão pela mudança para a nova sede, se deu de forma conjunta entre a Secretaria de Saúde e a empresa responsável pela execução da obra, cujo cronograma estabelecia que naquela data a reforma já estaria concluída, como de fato estava. Os pacientes foram informados através das guias com endereço novo 15 dias antes do início do funcionamento.

Tanto é verdade que as reportagens da época foram realizadas in loco, mostrando a população sendo atendida na nova sede, sem qualquer prejuízo de continuidade.

Na ação ajuizada pelo Ministério Público, não é feita uma única acusação referente à eventual dano ao erário, fraude em licitação ou enriquecimento ilícito de quem quer seja, mas, tão somente, que alguns poucos detalhes estavam pendentes de acabamento, a exemplo da colocação de pias, com atraso de uma semana, em 5 dos 16 banheiros agora existentes (lembrando que na antiga, só haviam 4 e, destes, apenas 2 em regular funcionamento).

Outros detalhes citados na ação, nunca comprometeram o regular funcionamento e a oferta do serviço público essencial à população. Portanto, da mesma forma que a condenação anterior sofrida pelo Prefeito Lúcio foi integralmente revertida no Tribunal de Justiça, a defesa tem convicção que esta decisão de primeira instância também será reformada, pela ausência da prática de qualquer ato de improbidade cometido pelo Prefeito, que ao contrário de outras gestões, jamais inaugurou uma obra que não estivesse apta a atender a população.

Prefeito Lucio de Marchi

 

 

Empresaria destaque personalidade 2019

A Câmara da Mulher Empreendedora de Toledo, ligada a Fecomércio promove nessa terça feira a XII edição do Prêmio. A presidente Aranele Claudia Marena, afirmou que esse reconhecimento visa sempre destacar uma personalidade que atua sempre em prol do social em nossa sociedade. O evento acontecerá na  AABB as 19h30.

Comandante geral de segurança do Paraná realiza aula inaugural de aperfeiçoamento a GMS de Toledo.

Coronel Péricles de Matos foi aluno do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva e ingressou na Polícia Militar em 1986. Foi declarado Aspirante à Oficial em 1988, e estava exercendo a atividade de Comandante do 1º CRPM ao ser nomeado para o cargo de Comandante Geral. Em suas primeiras palavras, após nominar todas as autoridades constituídas presente ao evento na Câmara Municipal de Toledo, afirmou a todos os 45 GMS que irão fazer o curso profissional, nesse momento são os mais importantes para a sociedade. Assista o vídeo:

Sandres Sponholz enalteceu município por atender TAC

Como responsável pelo patrimônio público Dr. Sandres enalteceu o Município de Toledo por entender e assinar o Termo de Ajuste de Conduta que previa esses cursos de aperfeiçoamento ao GMS.   Esse curso será de grande valia no sentido de fortalecer o corpo do serviço de segurança pública em Toledo. Assista o pronunciamento completo nesse vídeo:

Prefeito Lucio de Marchi afirma que foi o melhor investimento de formação profissional do nossos GMS.

O prefeito afirmou sem sombras de dúvidas que nesses 26 anos de existência da Guarda Municipal de Toledo esse será o melhor investimento feito para a equipe de GMS de Toledo. Agradeço ao Secretário de Segurança e Trânsito Coronel Oscar Monteiro por trazer a Toledo nessa aula inaugural o comando geral de segurança do Paraná, demonstrando assim o quão grande e valioso para Toledo que tem um dos menores índices de ocorrência devido a esse sincronismo entre os sistemas. Assista o pronunciamento completo:

Diretora de Fórum de Toledo afirma que coletividade vai ganhar.

“Sinto-me feliz em estar participando de um ato essa grandeza que é a formação dos nossos GMs para a melhor segurança de nossa coletividade.” Palavras da Dra. Luciana Lopes do Amaral Beal lembrando que essa “integração” fará a diferença na segurança local, regional e de fronteira: Assista o vídeo;

Coronel Oscar Monteiro afirmou ter ajudado a formação de mais de 2 mil soldados.

Nesses anos de atuação, já realizamos inúmeros cursos de aperfeiçoamentos há mais de 2 mil soldados e GMs. E, como forma de aperfeiçoamento nessa nossa profissão de “prover” a segurança pública queremos dar a toda essa região e cidade que nos apoiou e nos acolheu essa parcela de contribuição com esse treinamento e a aula inaugural com nosso comandante maior Coronel Péricles de Matos, invocando a todos os GMs que aproveitem máximo. Assista o vídeo:

 

%d blogueiros gostam disto: