Friday, April 3, 2020
Isenção e Verdade


Reforma do Creas I está em fase final

Um ambiente acolhedor e com privacidade para atendimentos. Assim está projetada a entrega da reforma do Centro de Referência Especializado…

Por redacao gazeta , em Cidade , no dia20 de fevereiro de 2020, 17:10h

Clique Aqui


Um ambiente acolhedor e com privacidade para atendimentos. Assim está projetada a entrega da reforma do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas I) na Vila Pioneiro. As obras estão em sua última fase e nos próximos dias a Secretaria de Assistência Social e Proteção à Família (SAS) fará a entrega do espaço reformado para a comunidade.

O investimento nas adequações do local somam R$ 155.365,19 de recursos do Município. A Coordenadora da Unidade, Assistente Social Martha Regina Rohr, evidenciou os benefícios desta obra para a população. “São espaços destinados à acolhida, à recepção, sala de atendimento individualizado com privacidade, para o desenvolvimento de atividades coletivas e comunitárias, atividades de convivência e atividades administrativas. Teremos acessibilidade em todos os seus ambientes, de acordo com as normas da ABNT, em condições de dignidade em ambiente favorecedor da expressão e do diálogo”.

Ela disse ainda que a reforma vai contribuir “para a equipe ter um espaço físico que garanta os atendimentos às famílias e indivíduos preservando o sigilo, a privacidade”.

CREAS I

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social oferta os seguintes Serviços de Proteção Social Especial de Média Complexidade da política pública de Assistência Social.

Atendimento

O Creas I atende o :

PAEFI: Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos. Este serviço atende crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência, bem como suas famílias quando vivenciam  violações de direitos por ocorrência de: Violência física, psicológica e negligência; Violência sexual: abuso e/ou exploração sexual; Afastamento do convívio familiar devido a aplicação de medida socioeducativa ou medida de proteção;  Tráfico de pessoas; Abandono; Vivência de trabalho infantil; Discriminação em decorrência da orientação sexual e/ou raça/etnia; Outras formas de violação de direitos decorrentes de discriminações/submissões a situações que provocam danos e agravos a sua condição de vida e os impedem de usufruir autonomia e bem estar; Descumprimento de condicionalidades do PBF e do PETI em decorrência de violação de direitos.

Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA), e de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC): atende Adolescentes de 12 a 18 anos incompletos, ou jovens de 18 a 21 anos, em cumprimento de medida socioeducativa de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviços à Comunidade, aplicada pela Justiça da Infância e da Juventude ou, na ausência desta, pela Vara Civil correspondente e suas famílias.

Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias: Serviço que oferta atendimento especializado a famílias com pessoas com deficiência e idosos com algum grau de dependência, que tiveram suas limitações agravadas por violações de direitos.

Toledo tem hoje institucionalizado o SUAS. Em 2011, a Lei nº 12.435, de 6 de julho de 2011 (Lei do SUAS), assegurou-se definitivamente, no país, a institucionalidade do SUAS, garantindo avanços significativos, dentre os quais pode-se destacar o cofinanciamento federal operacionalizado por meio de transferência automática e o aprimoramento da gestão, serviços, programas e projetos de assistência social.

Fonte: Secom/Pref. de Toledo

 

%d blogueiros gostam disto: