Tuesday, February 25, 2020
Isenção e Verdade


Mercado agro afirma que a China aplica “vírus” para equilibrar economia e garantir alimentos

Se você recapitular as histórias de “vírus” que gerou algumas “pandemias”, mundial como fizeram alguns analistas da RB afirmam que…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia5 de fevereiro de 2020, 17:32h

Clique Aqui


Se você recapitular as histórias de “vírus” que gerou algumas “pandemias”, mundial como fizeram alguns analistas da RB afirmam que a maioria do “vírus” foram fabricado pela CHINA só para enfrentar as suas crises na sua economia. Segundo os analistas, a China vem tentando de todas as formas controlar sua inflação e a escassez histórica de alimentos de seus mais de 1,4 bilhão de habitantes e desde a peste suína aplica essa tática. Assistam a análise feita pela Rural Busines que, traduz como golpe dos vírus, para arrumar sua economia interna. ASSISTA O VIDEO:

https://www.youtube.com/watch?v=JsdmV4MCtnU

50 anos depois o trevo cataratas será modificado.

Na tarde dessa quarta-feira, o governador Ratinho Junior esteve no Show Rural e foi elogiadíssimo pelo presidente da Coopavel Dilvo Grolli por ele ter sanado problemas do trevo cataratas que estavam na gaveta há 50 anos. Também, por ele ter conseguido quebrar contrato ligado ao governo federal que beneficiava apenas uma empresa a exploração dos pedágios.

Ratinho afirmou que o Show Rural desse ano realmente é um show.

Para o paraná e esse governo agricultura é prioridade e vamos ter que continuar a ajudar essa revolucionar através do fim da burocracia que trava qualquer desenvolvimento. Queremos que os trâmites legais tanto na produção agro quanto no comércio e indústria que hoje podem durar até um ano se resolva em um dia, como já está acontecendo em alguns segmentos.

Uma reflexão política aos eleitores de Toledo pela falta de um deputado estadual.

Em uma conversa com Dr. Mauri Refatti nessa quarta-feira, ele levantou uma questão a esse jornalista que merece ser propagada, sobre a falta de respeito para com as famílias devido ao não funcionamento do IML em determinados horários. Disse ele “creio que os cidadãos eleitores de Toledo, devam estar com peso na consciência por terem votados nos candidatos a deputados estadual de fora, porque é nessas horas que se vê a falta de uma representatividade”.

Mais R$ 650 milhões no desenvolvimento econômico de Toledo

Não basta você abrir uma empresa, gerar empregos e renda e não enxergar o amanhã. A Prati Donaduzzi, tem em sua gestão administrativa essa essência de em ver além do alcance de nossa visão. A indústria farmacêutica cresce e expande para outros estados e países. O complexo Biopark retrata ainda mais essa visão de projeção ao futuro tecnológico, humano e social.

Mais R$ 650 milhões no desenvolvimento econômico de Toledo I

O ato de assinatura do termo de parceria entre o governo do Paraná e a indústria farmacêutica Prati Donaduzzi de Toledo realizado nessa quarta-feira, comas presenças do diretor presidente Eder Mafissoni, Sr. Luiz Donaduzzi, sócio fundador, Prefeito de Toledo Lúcio de Marchi, secretário da Industria e Comercio Jozimar Polasso demonstra um sincronismo dos gestores da empresa com as oportunidades governamentais em todos os níveis para a geração de renda e empregos

Mais R$ 650 milhões no desenvolvimento econômico de Toledo II

No protocolo assinado constam investimentos na ordem de R$ 650 milhões por parte da indústria farmacêutica de Toledo e que o estado concederá benefícios tributários e fiscais à Empresa. O projeto prevê o crescimento e aumento da capacidade produtiva da empresa, a ampliação de suas estruturas física através da construção de uma nova unidade fabril.

Mais R$ 650 milhões no desenvolvimento econômico de Toledo III

Governador Carlos Massa Ratinho Junior,durante anúncio de investimentos pela Prati Donaduzzi – Curitiba, 05/02/2020 – Foto: José Fernando Ogura/AEN

Com essas ampliações também exigirá a aquisição de equipamentos de última geração e incentivo a pesquisa, desenvolvimento e inovação. A indústria planeja chegar à produção de 17 bilhões de doses terapêuticas por ano e permitir até o ano 2022 e permitir que ainda mais brasileiros tenham acesso a medicamentos com qualidade e preço acessível. O resultado será mais desenvolvimento social e econômico para o paraná. A farmacêutica continuará investindo no estado, onde começou sua história há 26 anos, gerando centenas de novos postos de trabalho nos próximos anos.

Bons nomes a vereança de Toledo.

Ricardo do Santos, belo exemplo de dedicação social através do esporte, preparado (conhecimento e formação) e batalhador. Odair Batista Franco, bagagem e estrutura para se não só um porta-voz do povo, sim, um baita fiscalizador do erário público. Continua amanhã.

%d blogueiros gostam disto: