Tuesday, March 31, 2020
Isenção e Verdade


ENERBIOS e Complexo Eólico Palmas II presentes no Show Rural da COOPAVEL

A ENERBIOS estará presente na 32ª Edição do “Show Rural” da COOPAVEL através de seu Diretor Presidente, Ivo Pugnaloni que,…

Por redacao gazeta , em AgroGazeta , no dia2 de fevereiro de 2020, 18:28h

Clique Aqui


A ENERBIOS estará presente na 32ª Edição do “Show Rural” da COOPAVEL através de seu Diretor Presidente, Ivo Pugnaloni que, na terça-feira, dia 04.02.2020 às 14h00 deverá ministrar Palestra sobre “Oportunidade com Geração Eólica e outras energias renováveis para os Agricultores.”

O assunto desperta atenção, visto que, na sua edição de 2013 o novo Atlas de Energia Eólica do Brasil apresentou uma sensível elevação das velocidades dos ventos no Estado do Paraná, principalmente na Região Oeste. Outro assunto a ser tratado são as inovações tecnológicas nesta área e em outras relativas às energias renováveis. “Chega a ser impressionante que a sociedade paranaense e, principalmente, no Oeste do Paraná não tenha tido acesso às informações publicadas já em 2013 que davam conta de grandes jazidas de vento de altitude nesta região” – Afirmou o empresário, que já foi Presidente da COPEL DISTRIBUIÇÃO e Diretor de Planejamento da COPEL HOLDING e da ABRAPCH, Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas.

Para Ivo Pugnaloni “As novas tecnologias de construção de torres eólicas de 140m e mesmo 160m abriram espaço para várias regiões cujo potencial havia sido sub avaliado nas edições anteriores do Atlas Eólico. Somando-se a isso, a regulamentação da energia gerada de forma distribuída pelos próprios consumidores abriu perspectivas comerciais nunca antes levadas em conta. Por outro lado, a “convivência pacífica” entre a geração eólica e o agronegócio, pecuária, agricultura, reflorestamento, já que a geração eólica não interfere nestas atividades, estimula a participação dos agricultores neste setor como uma atividade paralela. Utilizando a mesma área, portanto. Seja como arrendatário do terreno, ou investidor, produtor de energia”, concluiu.

A ENERBIOS junto com a empresa alemã INNOVENT e as brasileiras e CIA AMBIENTAL e VENTOS DO SUL desenvolveram e estão implementando o complexo eólico Palmas II, com potência de 200 MW e com o investimento total de R$ 1,3 bilhões no município de Palmas, no Sul do Estado do Paraná a 1250 m de altitude média, cujos oito parques eólicos deverão possuir as torres mais altas do Brasil, com 140 m a 160 m.

PROGRAMAÇÃO DO ESTANDE NO SHOW RURAL COOPAVEL 2020

 

%d blogueiros gostam disto: