Thursday, June 4, 2020
Isenção e Verdade


PRF flagra quase três mil condutores usando celular ao volante em apenas um dia

Fiscalização temática da Operação Rodovida tem foco no uso de aparelho celular ao volante e destaca a recorrência da conduta…

Por redacao gazeta , em Segurança , no dia31 de janeiro de 2020, 17:22h

Fiscalização temática da Operação Rodovida tem foco no uso de aparelho celular ao volante e destaca a recorrência da conduta em todo o Brasil

Nesta quarta-feira (29), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou em todo o país uma nova etapa das Fiscalizações Temáticas da Operação Rodovida. Com foco no uso de aparelho celular ao volante, o objetivo é alertar os condutores quanto ao risco da conduta.

Durante o mês de janeiro de 2020 foram realizadas duas fiscalizações temáticas de caráter nacional com foco no uso de celular ao volante, uma dia 15 e outra nesta quarta. Embora o número de abordagens seja semelhante, 9.213 na primeira e 9.665 na segunda, a diferença no número de flagrantes é significativa; foram 1.712 autuações no dia 15 contra 2.925 no dia 29, um aumento de 70%, sendo que ambas fiscalizações ocorreram em quartas-feiras.

O uso de aparelhos celulares ao volante gera um grande risco e é constante alvo de campanhas de combate à violência no trânsito. A evolução da tecnologia amplia as funcionalidades do aparelho e o número de vezes que o celular é usado, inclusive enquanto se dirige. Um instante de desatenção na condução do veículo é o suficiente para se colocar em uma situação irreversível que pode valer uma vida.

O perigo não é só para manusear o telefone enquanto se dirige, também é conduta de risco falar ao celular no volante, mesmo que por fones de ouvido ou na função viva-voz, pois há perda de noção auditiva do ambiente e consequente queda no alerta quanto aos outros veículos, pedestres, limitações da via, veículos de emergência e demais elementos que compõem o trânsito.

É importante lembrar que é permitido o uso de aplicativos de GPS ou similares, desde que o aparelho esteja obrigatoriamente fixado em um suporte localizado no para-brisa ou no painel do veículo. As condutas relacionadas ao uso de celular ao volante se aplicam mesmo que o veículo esteja parado no semáforo.

RODOVIDA – A proteção da vida no âmbito da PRF tem várias frentes, entre elas, contribuir para a diminuição de mortes no trânsito. Engajada no Programa da Organização das Nações Unidas – ONU, Década Mundial de Segurança Viária 2011/2020, o órgão também é parte fundamental no Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito – PNATRANS, no período de 2018-2022. O Projeto Nacional de Redução de Mortes, instituído pela PRF através da Portaria nº 194/2019/DG, de 04 de setembro de 2019 é parte deste compromisso com a vida.

Para viabilizar bons resultados, foi criada a Operação RODOVIDA da PRF, que consiste em um conjunto de esforços integrado com outros órgãos para reduzir a violência do trânsito. A operação direciona as fiscalizações para condutas que provocam índices elevados de morte nas rodovias. Estudos realizados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA em 2015 apontaram que o custo social de um acidente com morte chega ao valor de R$ 646.762,94 (seiscentos e quarenta e seis mil, setecentos e sessenta e dois reais e noventa e quatro centavos. Fonte: Agência PRF

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: