Sunday, January 26, 2020
Isenção e Verdade


Toledo teve 1273 novas empresas de MEI abertas em 2019

A cidade de Toledo cresce na contramão das dificuldades econômicas enfrentadas em vários locais do país nos últimos anos. Um…

Por redacao gazeta , em Cidade , no dia14 de janeiro de 2020, 14:58h

Clique Aqui


A cidade de Toledo cresce na contramão das dificuldades econômicas enfrentadas em vários locais do país nos últimos anos. Um dos indicativos que demonstram que Toledo está em um cenário diferente da maior parte dos municípios brasileiros é o considerável número de empresas abertas no ano de 2019 no sistema de Micro Empreendedor Individual (MEI). Em 2019 foram abertos 1273 novos MEIs no município.

Destas 1273 pessoas que resolveram aderir ao MEI, 985 procuraram a Sala do Empreendedor na Prefeitura de Toledo para realizar o processo de abertura e regularização da empresa. O ano de 2019 finalizou com um total de 7602 empresas MEI cadastradas no endereço do município de Toledo, enquanto no ano anterior, 2018, esse número foi de 6329 empresas, ou seja, um aumento de 20,11% MEIs no município.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnológico de Inovação e Turismo, Jozimar Polasso, salienta que os números significativos de novos MEIs abertos demonstram que as pessoas estão interessadas em regularizar o seu trabalho.

“As pessoas têm procurado ano a ano cada vez mais a Sala do Empreendedor para legalizar o seu negócio através do MEI. Isso demonstra que as pessoas estão interessadas em legalizar a sua atividade, com a finalidade de trabalhar com maior tranquilidade. Isso também é um indicativo de que o município de Toledo tem um grande potencial para quem deseja empreender”, destacou.

Saldo positivo

Em 2019, apenas 288 empresas realizaram o processo de baixa na Sala do Empreendedor. Conforme os dados fornecidos pelo Departamento da Receita, 5638 empresas MEI já têm alvará no município e estão devidamente legalizadas.

“O saldo é positivo mesmo que algumas empresas tenham encerrado as suas atividades no MEI, pois a maioria dos empreendedores passou a entender que a melhor opção é sair da informalidade e trabalhar de forma legal. É importante ressaltar que as pessoas que trabalham de forma irregular estão passíveis de multa”, comentou Jozimar Polasso.

Espaço para novos investidores

O economista toledano, Jandir Ferreira de Lima explica que várias empresas também têm utilizado os serviços de MEI e isso contribui para o aumento na abertura dos novos CNPJ.

“Essa é uma alternativa para que os custos do empregador diminuam, pois quando um empregado é contratado são recolhidos INSS, PIS, CONFINS, FGTS, Fundo de Garantia, além de outros custos adicionais, que são descontados do salário do empregado. Com o MEI esses custos diminuem drasticamente, contando ainda com a maior facilidade na hora de desligar o profissional, pois esses serviços geralmente são temporários em áreas como a de construção civil”, explica o economista.

Jandir Ferreira de Lima complementa ressaltando que a população toledana está buscando uma nova alternativa de sobreviver através do empreendedorismo. “A abertura de novos MEIs reforça o novo ciclo econômico que o município está vivendo, que é um ciclo virtuoso e que realça o sangue empreendedor da população. Isso é ótimo, pois muitos sofriam com o desemprego e agora buscam uma nova alternativa de sobreviver, que tende a ter menos custos e ser mais rentável”.

Quanto às áreas de atuação o economista destaca que geralmente o MEI é procurado por homens que trabalham nas áreas de prestação de serviço e construção civil e por mulheres que atuam na área de beleza como cabeleireira e vestuário, tendo como perfil a faixa etária entre 31 e 40 anos.

Benefícios

É importante ressaltar que com a abertura do MEI a pessoa tem acesso a uma série de benefícios, que não encontra na informalidade. Algumas dessas vantagens são a possibilidade de venda para o Governo; acesso a produtos e serviços bancários como o crédito; baixo custo de mensal de tributos (INSS, ISS, ou ICMS), em valores fixos; poderá emitir nota fiscal; terá direito a benefícios previdenciários como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio doença, salário maternidade e pensão por morte (Para a família), além é claro de ter um CNPJ  e um Alvará de Funcionamento sem custo e sem burocracia.

Para ter acesso a mais informações sobre a abertura do MEI basta se deslocar até o Paço Municipal, onde está localizada a Sala do Empreendedor portando os documentos pessoais. Os demais documentos necessários para a abertura do CNPJ podem variar de acordo com a área de atuação da pessoa. Outras informações podem ser solicitadas pelo telefone (45) 3055-8856.

Fonte: Secom/Pref. de Toledo

%d blogueiros gostam disto: