Saturday, July 4, 2020
Isenção e Verdade


PROCURA-SE o vice-prefeito de Toledo há 23 dias desaparecido

Pois é, o que já era previsto e estava bem claro em suas manifestações públicas em redes sociais assim como…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia13 de janeiro de 2020, 17:43h

Pois é, o que já era previsto e estava bem claro em suas manifestações públicas em redes sociais assim como em algumas participações em reuniões partidárias, tornou-se oficial nesse dia 13 de janeiro de 2020. Simone Sponholz, esposa do promotor Público de Toledo Dr. Sandrez, afirma: “a partir de agora uma pré-candidatura começa a ser pavimentada, sempre pautada nas regras eleitorais”.  Resta saber a que cargo?

Simone Sponholz se diz pré-candidata I

Lembrando que a emenda nº45, vedou aos membros do Ministério Público “exercer atividade político-partidária” (art. 128, § 5º, II, e, CF), mas não veda cônjuges a participar e militarem na política. Claro que, irão questionar as ações do Dr. Sandrez Sponholz do que as propostas que hoje a pré-candidata irá fazer e, olha que pela visão, argumentação e participação em temas ligados ás políticas públicas, serão inovadoras.

Simone Sponholz se diz pré-candidata II

Assim descreveu sua decisão:

Meus queridos! O primeiro passo está sendo dado: serei pré-candidata a uma das vagas nas eleições municipais de 2020. Ainda tenho muito a definir, passando primeiramente por uma filiação partidária. Mas a viabilidade de colaborar mais ativamente com o município em que criei tantos laços e que há 16 anos faz parte da minha história já está sendo construída.

Simone Sponholz se diz pré-candidata III

Que eu tenha sempre muita saúde e força para lutar por uma sociedade mais justa, muita doçura para contagiar as pessoas, competência para trabalhar com seriedade e Deus para nos livrar de todo o mal e nos proteger com o seu infinito amor.

Simone Sponholz se diz pré-candidata IV

E com as bênçãos divinas, tomar as melhores decisões e ajudar a definir os melhores caminhos para a construção de uma cidade cada vez melhor, dentro dos princípios conservadores que tanto valorizo e respeito. A partir de agora uma pré-candidatura começa a ser pavimentada, sempre pautada nas regras eleitorais.

https://www.facebook.com/profile.php?id=100010322552937

 

Vice-prefeito PROCURADO.

Como o município de Toledo ainda não publicou nada no seu órgão oficial, da mesma forma que foi publicado a RESOLUÇÃO nº 13/2019 que tratava do seu pedido de afastamento, do vice-prefeito esse jornal e esse “podre” jornalista, preocupados com seu “desaparecimento” torna a público que o mesmo ainda não compareceu para cumprir com suas obrigações de vice-prefeito eleito.   Caso alguém o veja, tomem cuidado em não pronunciar a palavra: TRABALHO! Apenas o salvem!

Vice-prefeito PROCURADO. I

Pronunciar a palavra “trabalho” próximo do vice-prefeito de Toledo é muito complicado, ele fica “doente”, quebra o braço, cai com seus rollers ou patins. Essas suas ausências obrigou o prefeito de Toledo pedir através de uma correspondência para que o mesmo viesse a se manifestar, se ele queira realmente “trabalhar” em prol dos munícipes.

Vice-prefeito PROCURADO. II

Lhe foi sugerido que “colaborasse” com a administração, na busca de verbas nas várias autarquias governamentais, mas, nada, apenas algumas “reuniõezinhas” regionais onde só tratou de seu “umbigo” e de Toledo, nada por consequência, foi declarado a “vacância” na cadeira de vice em Toledo.

Vice-prefeito PROCURADO. III

O vice deve estar sofrendo de uma doença chamada “lapso temporal” e fica perdido devido ao excesso de “vacâncias” e, muito nos preocupa, afinal, já são mais de 22 dias que venceu sua licença e o HOMEM ainda não APARECEU.  Será que o salário foi depositado?  Aliás, preciso saber se o Guaraná desocupou a cadeira do vice? Usucapião? Leiam a resolução nº 13/19:

Vice-prefeito PROCURADO. IV

A Câmara Municipal de Toledo, expressão legítima da Democracia representativa, aprovou e o seu Presidente promulga a seguinte Resolução:

Art. 1° – Esta Resolução autoriza o Vice-Prefeito Municipal a licenciar-se do cargo, pelo período de 60 (sessenta) dias, para tratar de interesse particular.

Art. 2° – Fica o Vice-Prefeito do Município de Toledo, Senhor João Batista Coelho de Souza Furlan, autorizado a licenciar-se do cargo, sem ônus para os cofres públicos, pelo período de 60 (sessenta) dias, com a finalidade de tratar de interesse particular, a contar da data de publicação desta Resolução.

SALA DAS SESSÕES DA CÂMARA MUNICIPAL DE TOLEDO, Estado do Paraná, 21 de outubro de 2019.

Leia amanhã nessa coluna

A central de triagem do lixo em Toledo, está um lixo só, uma vergonha!  Ainda quer trazer mais lixo de 32 municípios.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: