Wednesday, January 22, 2020
Isenção e Verdade


Colheita da soja já começou no Paraná e estado registra lavouras com potenciais distintos

Áreas que foram plantadas primeiro registram queda na produtividade, assim como as últimas semeadas e replantadas. Já lavouras intermediárias apresentam…

Por redacao gazeta , em AgroGazeta , no dia3 de janeiro de 2020, 13:14h

Clique Aqui


Áreas que foram plantadas primeiro registram queda na produtividade, assim como as últimas semeadas e replantadas. Já lavouras intermediárias apresentam bom desenvolvimento até o momento, mas precisam de mais chuva neste final de semana
A colheita da soja na safra 2019/20 já começou no Paraná, principalmente na região noroeste do estado. Assim como foi o plantio, a expectativa é de que o período de colheita seja longo no estado, até abranger todas as áreas cultivadas.

Segundo o presidente da Aprosoja Paraná, Márcio Bonesi, essas primeiras áreas colhidas sofreram bastante com a estiagem e estão registrando produtividades entre 30 e 40 sacas por hectare. A liderança destaca que as lavouras semeadas por último, assim como as replantadas, também irão ter baixa produtividade devido à falta de chuvas.

O resultado positivo ficará apenas para aquelas áreas intermediárias, que conseguiram um desenvolvimento melhor, mas ainda precisam de mais precipitações nestes próximos dias para garantir um bom potencial produtivo.

A liderança destaca ainda a importância de o produtor seguir atento aos trabalhos de manejo e aplicação de defensivos, pois caso as chuvas previstas realmente voltem, a pressão da ferrugem asiática deve ser maior no estado.

Para a segunda safra de milho, Bonesi projeta apenas uma pequena diminuição na área cultivada com o cereal, a despeito de uma previsão inicial de grande redução. Isso porque, o momento dos preços do milho é bastante favorável, o que deve fazer o produtor paranaense arriscar na cultura mesmo fora das melhores janelas de cultivo.

Por: Guilherme Dorigatti

Fonte: Notícias Agrícolas
%d blogueiros gostam disto: