Sunday, July 12, 2020
Isenção e Verdade


As reflexões encantadoras do Natal

Ser integral “Quando derreto o chocolate eu sinto a magia. Aquele chocolate irá tomar uma forma e será único na…

Por redacao gazeta , em Rosangela Silva , no dia29 de novembro de 2019, 14:45h

Ser integral

“Quando derreto o chocolate eu sinto a magia. Aquele chocolate irá tomar uma forma e será único na mão de quem o receber. Nele estará todo o amor e o cuidado que passou pelas minhas mãos, até chegar ao seu destino”

Natal é uma época mágica. Monto a árvore natalina e penso em algo que está somente na memória.  É como se de fato existisse um ‘bom e velho senhor de barba branca’ com um caderno mágico em que contêm todas as anotações das minhas ações feitas no ano inteiro. E que o presente deixado no vestido usado em cima da mesa, próximo a um buraco onde provavelmente ele desceria, fosse a recompensa das boas ações praticadas durante o ano vivido.  Ansiosa para dormir e ao mesmo tempo preocupada em deixar um olho aberto só para vê-lo, uma roda de pensamentos na mente, de dúvidas de alguns deslizes cometidos. Mas havia uma esperança, um acreditar nas recompensas das boas ações feitas, junto a um desejo de melhorar no ano seguinte, as falhas cometidas.

Sempre lembrávamos das pessoas que amávamos estando elas próximas ou não. Hoje eu percebo que tudo era importante, mas o mais valioso mesmo era ver que as pessoas de sempre ainda continuavam com você. Natal é uma época de estar em família, as do convívio e, raras às vezes, as de longe. Com o passar dos anos percebi e aprendi a agradecer por ver as mesmas pessoas de sempre, como sendo um sinal positivo, sinal que todos estavam vivos. Gosto do ritual de dar e receber presentes. Quando somos jovenzinhos pensamos no valor do presente que ganhamos, com o passar do tempo vemos que o valor menos importa.  O importante mesmo é lembrar e ser lembrando por alguém.

Cacau Nuts

Às vezes penso em como é ser um Papai Noel, fazer cada presente ser único para quem recebe. Quando derreto o chocolate eu sinto isso, aquele chocolate irá tomar uma forma e será único na mão de quem o receber, nele estará todo o amor e o cuidado que passou nas minhas mãos, até chegar no seu destino. Em quantas vezes passou pela minha mão na hora de colocar na forma, tirar da forma, colocar a embalagem, montar um presente e por último colocar um laço, sempre pensando no desconhecido ou conhecido que irá receber este chocolate que passou por todo esse cuidado e carinho.

Quem sabe o Papai Noel esteja em nós mesmos? Quem sabe ele esteja agindo em nossos corações? Quem sabe através de nossas mãos este bom senhor esteja espalhando presentes e recompensas às boas ações do ano. Talvez tudo que precisamos fazer é estarmos atentos ao seu chamado. Talvez tudo que precisamos fazer, é simplesmente fazer e deixar o encanto do sorriso de quem receber um presente contagiar você.  Quem sabe se a magia não seja essa? Para saber basta fazer. Feliz Magia do Natal para vocês!

Rosângela Cristina da Silva, proprietária da Cacau Nuts e responsável por esta coluna.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: