Thursday, May 28, 2020
Isenção e Verdade


Estado da Nigéria busca inspiração em projetos do Paraná

Principal produtor agrícola da Nigéria, o Estado de Benue está interessado em formalizar um acordo de cooperação com o Paraná…

Por redacao gazeta , em Estadual , no dia27 de novembro de 2019, 17:37h

Clique Aqui


Principal produtor agrícola da Nigéria, o Estado de Benue está interessado em formalizar um acordo de cooperação com o Paraná nas áreas de agricultura, energia e educação. Uma comitiva do País africano foi recebida nesta quarta-feira (27), no Palácio Iguaçu, pelo vice-governador Darci Piana. Eles buscam inspiração em projetos paranaenses para aumentar a produtividade em Benue, que tem pouco mais de 4,2 milhões de habitantes.

“O primeiro passo será estreitar laços, formalizando essa ideia trazida por eles de nos tornarmos estados-irmãos. Depois disso, podemos colaborar em termos de tecnologia, fazer transferência das nossas potencialidades”, explicou Piana.

Por outro lado, ressaltou o vice-governador, o Paraná pode ter uma porta de entrada importante para ampliar o mercado dentro da África, com a exportação de produtos alimentícios, carnes e derivados. Dados de 2019 apontam para um desiquilíbrio na balança comercial com a Nigéria, com o Paraná importando cerca de US$ 50 milhões contra uma exportação estimada em US$ 10 milhões.

Enquanto vende especialmente alimentos, o Paraná compra derivados do petróleo. “Esse entendimento é importante em busca de maior equilíbrio, aumentando também o Produto Interno Bruto do Paraná”, afirmou Piana.

A comitiva nigeriana foi liderada pelo governador de Benue, Samuel Ioraer Ortom. Ele se mostrou entusiasmado com o desenvolvimento do Paraná. “Estou impressionado com o nível de tecnologia e desenvolvimento do Paraná. Antigamente a diferença entre o Brasil e a Nigéria não era tão grande. Agora a distância cresceu muito”, disse Ortom.

COPEL – Benue quer levar para a África projetos da Copel relacionados à produção de energias renovável, como biogás. O Paraná inaugurou em julho, com investimento de R$ 17 milhões da Copel, a primeira usina do Brasil de produção de biogás a partir do tratamento dos dejetos de suínos, em Entre Rios do Oeste, na Região Oeste do Estado. A unidade geradora tem capacidade total de 480 KW, transformando por dia 215 toneladas de um agente poluidor em energia limpa.

Giancarlo Rocco, diretor técnico da Invest Paraná, disse ainda que o pacote prevê intercâmbio na área de educação, tecnologia e agricultura, replicando na Nigéria ações elaboradas pelas universidades paranaenses. “Eles querem ajuda para seguir com a base em crescimento. Entendem que o Paraná já fez o dever de casa e agora buscam seguir os mesmos passos”, afirmou.

PRESENÇAS – Participaram também do encontro Orbunde Terwase, chefe da Casa Civil de Benue: Ijir Timothy Aondona, secretário de Agricultura e Recursos Naturais; Oyiwona Godwin Emmanuel, secretário de Ciência, Tecnologia e Energia; Akase Terver, secretário- chefe de Imprensa; Kwaghngu Abrahams, assessor especial de Tarefas; e Ubwa Paul Orkuma, presidente da Câmara de Comércio do Estado de Benue; além de representantes da Copel e Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Fonte: Agência Estadual de Notícias



Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: