Friday, June 5, 2020
Isenção e Verdade


Estiagem prolongada coloca Sanepar em alerta no Sudoeste

Os sistemas de abastecimento de algumas cidades da região Sudoeste começam a apresentar problemas em razão da estiagem prolongada. A…

Por redacao gazeta , em Estadual , no dia14 de outubro de 2019, 13:39h

Os sistemas de abastecimento de algumas cidades da região Sudoeste começam a apresentar problemas em razão da estiagem prolongada. A cidade de Dois Vizinhos é a que apresenta a maior preocupação no momento. A vazão dos poços e do Rio Girau Alto reduziu em mais de 50% o que compromete o abastecimento nos períodos de maior consumo. Segundo o gerente regional Ativo Beier, a situação é bastante crítica e existe a possibilidade da Sanepar ter de adotar medidas para fornecer a água de forma alternada na cidade.

No momento, é imprescindível que todos colaborem, adotando hábitos de consumo racional da água. A orientação é para que seja priorizado o uso para alimentação e higiene pessoal. As limpezas mais pesadas, como lavagem de carros, calçadas e fachadas, devem ser adiadas até que a situação se normalize.

 Reaproveitar a água do tanque e da máquina de lavar roupas pode contribuir muito com o consumo consciente. O reuso dessas águas pode ser aplicado na limpeza, no vaso sanitário e na rega de hortas e jardins. Reduzir o tempo do banho, fechar as torneiras durante a lavagem da louça, da escovação de dentes e do barbear são ações pequenas que representam muito na economia de água. Ao encontrar qualquer tipo de vazamento de água na rua, a população deve avisar imediatamente a Sanepar pelo telefone 0800 200 0115.

 Os rios e poços que abastecem as cidades de Planalto, Capanema, Pérola do Oeste, Salto do Lontra, Realeza, Santo Antônio do Sudoeste, Flor da Serra do Sul e de Nova Prata do Iguaçu estão com volume de água 40% menor que nos períodos normais.

Os sistemas de Renascença, Boa Esperança do Iguaçu, Nova Esperança do Sudoeste, Bom Jesus do Sul a redução da vazão chega a 30%. O mesmo ocorre com os distritos de Conciolância (Pérola do Oeste) e Centro Novo (Planalto). Em Nova Concórdia, no município de Francisco Beltrão, o manancial reduziu 25%.

 Até que as chuvas regularizem as vazões de rios e poços, a Sanepar conta com a colaboração de todos.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: