Saturday, July 4, 2020
Isenção e Verdade


Nova regulação da Saúde vai garantir economia de R$ 50 milhões

O novo sistema de regulação de leitos, consultas, exames e procedimentos de alta complexidade da Secretaria de Estado da Saúde,…

Por redacao gazeta , em Geral , no dia1 de outubro de 2019, 13:54h

O novo sistema de regulação de leitos, consultas, exames e procedimentos de alta complexidade da Secretaria de Estado da Saúde, o Care Paraná, entra em funcionamento a partir da meia-noite desta terça-feira (1º).

A ferramenta foi desenvolvida pela Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná) e substituirá plataforma contratada de empresa privada pela gestão anterior.

A utilização de sistema criado e mantido no âmbito do próprio Estado possibilitará uma redução R$ 1 milhão por mês nas despesas da Secretaria, o que representará cerca de R$ 50 milhões ao final de quatro anos.

“Estamos fazendo aquilo que o governador Ratinho Júnior sempre nos determinou: cortar gastos, rever despesas. Esta economia se traduz em novas possibilidades de investimentos direcionados em benefício da população, sobrando mais recursos para a saúde também”, afirmou o secretário da Saúde, Beto Preto.

O sistema operacionalizado no âmbito do Governo do Estado possibilitará ainda maior autonomia à Secretaria. Segundo o diretor-geral, Nestor Werner Júnior, o setor de regulação recebe uma média mensal de mais de 500 mil acessos na área, por meio das unidades próprias do Estado e de hospitais e clínicas conveniadas do Sistema Único de Saúde. “É uma ferramenta fundamental para a saúde do paranaense que precisa de internação, de cirurgia e ou outros serviços especializados. Por isso optamos pela tecnologia produzida pelo Governo do Estado para agilizar os serviços para o usuário da rede pública com autossuficiência”, afirmou.

A migração de parte dos dados, como o agendamento de pacientes, já aconteceu na semana passada, com sucesso.

Os profissionais da área passaram por treinamento na Escola de Saúde Pública, com aulas em ambientes virtuais e desenvolvimento de manual com o passo-a-passo da nova ferramenta informatizada.

Werner Júnior frisou que a iniciativa faz parte de um plano estratégico e de inovação da Secretaria de Estado da Saúde. “Nesta gestão, sempre que falamos em novidade tecnológica, ela deve estar representada por ações que gerem mais saúde para a população, como é o caso do CARE, que está trazendo mais agilidade para os serviços, além da economia”, disse.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: