Saturday, May 30, 2020
Isenção e Verdade


Merendeiras no Oeste são capacitadas para preparo de panificados

Um trabalho desenvolvido na Escola Municipal Terezinha Giron Agustini, em Palotina, chama a atenção para uma demanda crescente, a produção…

Por redacao gazeta , em Regional , no dia26 de setembro de 2019, 10:15h

Clique Aqui


A capacitação surgiu por intermédio do projeto “Agricultura familiar: produção e promoção de alimentos saudáveis. Crédito: Assessoria Biolabore.

Um trabalho desenvolvido na Escola Municipal Terezinha Giron Agustini, em Palotina, chama a atenção para uma demanda crescente, a produção de alimentos especiais para pessoas com algum tipo de alergia. Na instituição de ensino, um minicurso de panificados especiais para alérgicos envolveu merendeiras das escolas da rede pública e agricultoras do município que fornecem alimentos para a merenda escolar.

O tema surgiu devido à demanda apresentada pelas nutricionistas da prefeitura, tendo em vista o número crescente de alunos com alergias alimentares.

Conforme a facilitadora do curso, pela Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), a engenheira de alimentos Lorena Ramos, “para garantir a segurança e a qualidade alimentar dos alunos, as receitas elaboradas seguiram o intuito da substituição de ovo, leite e trigo”.

O material para a prática foi financiado pelo Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável na Região do Oeste do Paraná, em contrato vigente da Biolabore e a Itaipu Binacional. A capacitação surgiu por intermédio do projeto “Agricultura familiar: produção e promoção de alimentos saudáveis”, iniciativa voluntária do engenheiro agrônomo Vinícius Mattia através do Comitê Jovem da Sicredi Vale do Piquiri ABCD PR/SP.

Tal projeto surgiu a partir de um desafio para despertar o protagonismo de jovens associados da Sicredi impactando em suas comunidades locais e, estão sendo realizadas quatro ações com diferentes grupos de pessoas que trabalham com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), em Palotina. O tema principal destacado é a segurança alimentar e a agricultura familiar.

Conforme Lorena Ramos, para desenvolver tais ações, várias parcerias foram criadas, em especial com a Secretaria de Educação e Cultura de Palotina, com a Biolabore e a Itaipu. Fonte: Assessoria Biolabore.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: