Sunday, July 5, 2020
Isenção e Verdade


Estado avança em modernização da Fazenda e Receita Estadual

A Receita Estadual iniciou neste mês de setembro a terceira fase da implantação do Sistema de Lançamento de Ofício e…

Por redacao gazeta , em Estadual , no dia23 de setembro de 2019, 13:55h

A Receita Estadual iniciou neste mês de setembro a terceira fase da implantação do Sistema de Lançamento de Ofício e Processo Administrativo Fiscal Eletrônico, o e-PAF, para dar mais agilidade, transparência e segurança aos processos fiscais. Ao mesmo tempo, a Secretaria de Estado da Fazenda caminha na modernização tecnológica de toda sua estrutura. A fase piloto foi iniciada em março deste ano, quando foram disponibilizadas a notificação para apresentação de Defesa Prévia, lavratura de Autos de Infração e a concessão de Procuração Eletrônica, entre outras funcionalidades.

Até agora, os resultados são considerados excelentes, conforme avalia o diretor da Receita, Luiz Fernandes de Moraes Junior. Trabalham no novo sistema auditores-fiscais representantes de todas as delegacias regionais. Já foram feitas autuações que somam cerca de R$ 1,7 milhão; desse total, mais de R$ 500 mil foram pagos pelos devedores.

“Treinamos 20 auditores para começar os trabalhos e vamos ampliar o acesso ao longo do projeto”, explica o líder técnico do projeto, Gabriel Argolo Matos Rocha, auditor-fiscal responsável pelo Setor de Processo Administrativo Fiscal da Inspetoria Geral de Tributação.

A fase piloto deve prosseguir até o final de 2020, com a inclusão de novos módulos. Será então definida a estratégia de implantação gradual em toda a Receita do Estado e programada a realização do treinamento necessário para todos os auditores- fiscais”, explica Moraes Junior.

PONTOS FORTES – Com a utilização dos processos fiscais em formato digital, ganha-se também transparência, avalia Argolo. “As informações e as peças inseridas nos processos administrativos fiscais eletrônicos podem ser visualizadas em tempo real pelos contribuintes e seus representantes legais”.

Com o sistema e-PAF, tanto Estado como o contribuinte se beneficiam, uma vez que todos os dados e documentos estão em formato digital e são armazenados em uma estrutura computacional moderna, seguindo as melhores práticas adotadas no mercado, proporcionando maior segurança.

Outro ponto forte do projeto é a agilidade na tramitação e instrução processual, já que automatiza diversos procedimentos até então manuais e a documentação não precisa circular fisicamente de um ponto a outro, muitas vezes entre cidades diferentes, o que retarda significativamente a finalização do processo.

No e-PAF, o histórico de eventos e de documentos inseridos pode ser visualizado, bem como o valor do crédito tributário atualizado, os pagamentos/parcelamentos realizados e o saldo devedor para quitação da exigência fiscal. O acesso ao portal é feito por meio do menu de serviços do Receita/PR (www.receita.pr.gov.br).

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: