Thursday, December 5, 2019
Isenção e Verdade


Tempo: Instabilidades em áreas de SC e RS geram alerta de tempestade nesta 3ª; BR central segue sem chuvas

A terça-feira (17) será de chuvas sobre áreas da região Sul do Brasil com o afastamento de uma frente fria…

Por redacao gazeta , em Geral , no dia17 de setembro de 2019, 14:10h

CMIX.GIF

Clique Aqui


Imagem de satélite nesta terça-feira (17) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Imagem de satélite nesta terça-feira (17) em todo o Brasil – Fonte: Inmet

A terça-feira (17) será de chuvas sobre áreas da região Sul do Brasil com o afastamento de uma frente fria que ainda deixa muita instabilidade por lá. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), inclusive, emitiu alerta para áreas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul nesta manhã.

“Raios, chuva e ventos fortes são esperados para áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, enquanto o calor e o tempo seco predominam no Paraná.  O Sul vai passar por várias mudanças no tempo até o fim desta semana”, destaca a Climatempo sobre a previsão para o Sul.

Enquanto chove em áreas do Sul, áreas centrais do Brasil estão há meses sem chuvas volumosas e algumas cidades da região Centro-Oeste atingem temperaturas acima dos 40°C. Mapas estendidos apontam que a massa de ar seco deve ser rompida apenas nos últimos dias de setembro e ainda há dúvidas da continuidade.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (18/09 a 20/09) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (18/09 a 20/09) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O Inmet emitiu alerta de tempestade para o RS e SC. “Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos”, disse o instituto.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 3ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 3ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Campanha, Oeste Catarinense, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior Do Nordeste, Encosta Superior Do Nordeste, Campos De Cima Da Serra, Planalto Médio, Missões, Alto Uruguai, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense

A Climatempo destaca que, além das chuvas, são esperados ventos fortes e queda de temperatura. “No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina as rajadas de vento nesta terça podem alcançar velocidades entre 60km/h a 80km/h e a temperatura deve ter acentuada queda.  A temperatura vai ficar amena o dia todo”.

As chuvas em SC e RS não conseguem avançar para áreas do Paraná. “Nesta terça-feira, o sol, o calor e o ar seco vão predominar sobre o Paraná, incluindo Curitiba, e a circulação dos ventos marítimo vai estimular a formação de muitas nuvens apenas sobre o litoral do estado, onde o dia será de sol pode aparecer um pouco”, disse a Climatempo.

Já na quarta-feira (18), as chuvas tendem a retornar ao estado com chances de chuva sobre todo o Paraná. “As pancadas de chuva devem ocorrer à tarde e à noite. Algumas pancadas podem ser moderadas a fortes. Ainda faz calor no Paraná”, destacou a empresa. Segue a chuva em áreas de SC e RS.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos últimos 5 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos últimos 5 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O mapa de precipitação acumulada do Inmet mostra que as chuvas nos últimos cinco dias ficaram mais concentradas sobre áreas do extremo Norte do país, no Sul e em pontos no litoral Nordestino. Na faixa central do país os volumes ficaram zerados ou muito próximos disso. Tendência que deve ser seguida nos próximos dias.

Nas últimas 24 horas, cidades da região Sul figuram na lista das que receberam maiores volumes de chuva em todo o país. As cinco que mais registraram chuva na segunda (16) foram Jaguarão (RS): 37,8 mm , Cotriguaçú (MT): 32,2 mm, Santa Vitória do Palmar (RS): 29,2 mm, São Felix do Xingu (PA): 24,8 mm e Itaituba (PA): 15,4 mm.

Ainda nesta terça-feira, o Inmet emitiu alerta de ventos costeiros para áreas do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 17 até 25 de setembro, as chuvas mais volumosas ocorrem em áreas da região Norte, Sul, Sudeste e pontos da região Nordeste.

De 25 de setembro até 03 de outubro, as chuvas tomam com mais força áreas centrais do Brasil, mas as precipitações mais volumosas ficam concentradas sobre áreas da região Norte, Centro-Oeste, Sudeste, Sul e Nordeste. Ainda assim, os volumes serão de fracos a moderados.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 17 de setembro até 03 de outubro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 17 de setembro até 03 de outubro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Fonte: Noticias Agrícolas

%d blogueiros gostam disto: