Wednesday, December 11, 2019
Isenção e Verdade


Governador destaca ações do Estado para mobilidade sustentável

O governador Carlos Massa Ratinho Junior reforçou nesta quarta-feira (11) a determinação do Estado em apoiar iniciativas para ampliar a…

Por redacao gazeta , em Estadual , no dia11 de setembro de 2019, 16:05h

CMIX.GIF

Clique Aqui


O governador Carlos Massa Ratinho Junior reforçou nesta quarta-feira (11) a determinação do Estado em apoiar iniciativas para ampliar a mobilidade sustentável no Paraná. Ele esteve no Complexo Ayrton Senna, que abriga quatro fábricas da Renault, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Durante a agenda na montadora, o presidente da Renault no Brasil, Ricardo Gondo, fez a entrega de dois veículos 100% elétricos ao Estado – um Zoe e um Kangoo Z.E. Os carros serão usados em regime de comodato para testes pelas secretarias de governo. “Os testes com esses dois carros elétricos acompanham a plataforma de inovação do Estado, trazendo novos mecanismos de sustentabilidade”, afirmou o governador.

Ratinho Junior destacou o projeto de lei enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa propondo zerar a alíquota do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) de veículos elétricos até 2022. A matéria já passou pelas comissões de Finanças, Constituição e Justiça e do Meio Ambiente e deve ir a plenário nesta quarta-feira. Atualmente a alíquota cobrada é de 3,5%.

“Essa iniciativa reforça a visão do Governo do Estado em buscar mais sustentabilidade, cuidar do meio ambiente, em consonância com o que já acontece em países de Primeiro Mundo”, afirmou o governador.

Segundo Ratinho Junior, o Estado do Paraná também defende junto ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) a retirada do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na compra de carros elétricos como forma de estimular a produção e uso deste tipo de veículo. “A ideia é diminuir cada vez mais o preço dos veículos elétricos e torná-los mais acessíveis à população”, disse.

EXPANSÃO – Tendência global, o uso de veículos elétricos vem crescendo, ancorado por políticas de desenvolvimento sustentável. No Brasil, o Paraná é o estado mais preparado para viabilizar esse mercado, com políticas de incentivo, a ampliação do programa Smart Energy (vinculado ao Tecpar), parcerias com o setor privado e o fortalecimento da eletrovia da Copel, a maior do país, que corta o Estado de Leste a Oeste via BR-277.

CRESCIMENTO INDUSTRIAL – No encontro na Renault, o governador destacou também o crescimento da produção industrial no Estado. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados na terça-feira (10) indicam que o Paraná registrou o maior índice de crescimento na produção industrial do País neste ano.

Entre janeiro e julho o percentual acumulado foi de 7,2%, à frente dos 15 locais pesquisados (10 tiveram variação negativa) e do índice nacional, que apresentou queda de -1,7%. O desempenho é o maior índice acumulado nos primeiros sete meses do ano desde julho de 2010, quando a indústria paranaense cresceu 22,3%.

“O momento do Paraná é muito bom, recebendo investimentos não só do Brasil, mas também internacional. É uma união de esforços para gerar emprego”, afirmou Ratinho Junior. “Nesse sentido, a Renault tem uma importância muito grande para o Estado. São 7 mil empregos diretos e mais de 25 mil indiretos no Paraná”, completou.

LINHA DE PRODUÇÃO – Ratinho Junior conheceu a linha de produção da Renault e também os recentes investimentos realizados pela montadora, como a nova fábrica de injeção de alumínio (CIA), além da modernização para receber a produção do Kwid e dos últimos lançamentos de 2019, Sandero, Logan e Stepway, linha 2020.

O governador conheceu ainda, em primeira mão, o próximo lançamento da marca para o mercado brasileiro. “Ficamos muito felizes com a presença do governador em nossa fábrica. Temos confiança que esse diálogo pode ser muito produtivo, tanto para a Renault quanto para o estado do Paraná”, afirmou Ricardo Gondo.

PRESENÇAS – Participaram do encontro no Complexo da Renault os secretários Valdemar Bernardo Jorge (Planejamento e Projetos Estruturantes), Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável e Turismo) e Reinhold Stephanes (Administração e Previdência); o presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento, Eduardo Bekin; o superintendente de Governança da Casa Civil, Phelipe Mansur; o superintendente geral de parcerias, Luiz Henrique Fagundes; o chefe da Casa Militar, major Welby Salles; e o superintendente de negócios e gás, biomassa e inovação da Copel, Carlos Diego Pedroso.

Eletrovia paranaense é destaque no País

O Paraná tem a maior eletrovia do Brasil, instalada pela Copel. São 730 quilômetros, ligando o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, e 12 eletropostos de abastecimento espalhados pela BR-277.

As estações são todas de carga rápida: leva entre meia e uma hora para carregar 80% da bateria da maioria dos carros elétricos, modelos que rodam de 150 a 300 quilômetros a cada carga.

Os eletropostos estão em operação em Curitiba e também em Paranaguá, Palmeira, Irati, Fernandes Pinheiro, Prudentópolis, Candói, Laranjeiras do Sul, Ibema, Cascavel, Matelândia e Foz do Iguaçu.

A Copel investiu R$ 5,5 milhões no projeto, com recursos de pesquisa e desenvolvimento.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

%d blogueiros gostam disto: