Saturday, October 19, 2019
Isenção e Verdade


19º BPM comemora 14 anos com a comunidade

O prefeito Lucio de Marchi participou na manhã desta sexta-feira (30) da solenidade que marcou o 14º aniversário do 19º…

Por redacao gazeta , em Cidade , no dia30 de agosto de 2019, 17:10h

Clique Aqui


O prefeito Lucio de Marchi participou na manhã desta sexta-feira (30) da solenidade que marcou o 14º aniversário do 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM). O evento contou com a presença de autoridades civis e militares.  O comandante do 5º CRPM Dorian Nunes Cavalheiro, e o comandante interino do 19º BPM major Jorge Aparecido Fritola agradeceram a contribuição dos militares aos longos dos anos. 

Durante o evento, militares estaduais foram agraciados com a Medalha Policial Militar. A honraria visa homenagear os policiais pelos serviços prestados à corporação ao completarem 30, 20 ou 10 anos de carreira. O ato simboliza o reconhecimento e o valor do militar e do cidadão civil que se dedica a casa da segurança pública. 

Em discurso, o prefeito ressaltou o trabalho da corporação e a relevância das ações para os munícipes. Outro destaque foi à instalação do Batalhão, que trouxe mais segurança para o município e região. Ele ainda ressaltou a Central de Segurança, em construção, que em breve será a sede da 1ª companhia do 19º BPM. “A Polícia Militar é um orgulho para a população que sempre é bem atendida, devido ao seu compromisso e responsabilidade”. 

HOMENAGEM

Um busto em homenagem ao militar capitão João Alves da Rosa filho, ou capitão ‘Rosinha’ como era conhecido, foi inaugurado na sede do Batalhão. O capitão PM QOA João Alves da Rosa filho, nascido em 2 de fevereiro de 1933, foi integrante da Polícia Militar do Paraná, ingressando na instituição em 1953 como soldado até ser promovido ao posto de capitão no ano de 1978. Este oficial escreveu diversos livros sobre a história da Polícia Militar e participou ativamente da formulação de legislações pertinentes à corporação, também foi historiador da corporação e pesquisador com diversos trabalhos publicados. Participou de instruções e criação de normas para uso na pmpr, na indicação do patrono, na defesa de teses para curso, colaborou em edições de livros e com diversos jornais. Destacou-se também como membro da comissão de restauração do museu histórico da PMPR e, com a publicação de diversas obras. 

Ele tornou-se o maior historiador da Polícia Militar do Paraná. O capitão faleceu em 10 de setembro de 2004, com 71 anos. Durante a homenagem, a família também entregou ao Prefeito uma coleção de livros, entre eles sua biografia e os demais relatam histórias da Polícia Militar para que o acervo fique disponível para leitura na Biblioteca Pública.

Fonte: Secom/ Pref. de Toledo