Thursday, November 21, 2019
Isenção e Verdade


Reconhecimento

Dá aquele “orgulho” ver um dos nossos “mestres” de Toledo sentado à mesa com as maiores juristas do brasil. Professor…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia21 de agosto de 2019, 18:00h

Clique Aqui


Dá aquele “orgulho” ver um dos nossos “mestres” de Toledo sentado à mesa com as maiores juristas do brasil. Professor Pery Francisco Assis Shikida, marca para a história do “conhecimento” nacional o nome de nossa cidade ao palestrar no STJ com os maiores Juristas com o tema “direito e economia”.

Reconhecimento I
O evento ocorreu no Superior Tribunal de Justiça, com a presença dos ministros Nancy Andrighi e Villas Bôas Cueva; do ministro da Justiça, Sergio Moro, e do secretário nacional do consumidor, Luciano Timm e a conferência do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux.

Reconhecimento II
O seminário teve seis painéis, que ofereceu aos participantes uma visão abrangente e crítica de temas como o pacote anticrime do governo, uma análise econômica da litigância e um estudo de caso sobre a MP da Liberdade Econômica.

Reconhecimento III
Pery Francisco Shikida disse que foi uma honra compor mesa com os Ministros e, em um dos painéis do seminário estar falando sobre Economia do Crime, oferecendo aos participantes, uma visão abrangente e crítica acerca de crimes econômicos, e claro, representar Toledo, por que como membro do CNPC.

Síndrome da mosca azul chega à câmara de Toledo
Nem mesmo as decisões tomadas nos âmbitos do Legislativo, Judiciais ou até mesmo, no “particular” de alguns vereadores os convencem de que as “Leis” foram feitas para serem “cumpridas”. Sem citar fatos que são “inúmeros” só nos últimos dias, foi suficiente para que algumas atitudes insanas, desrespeitosas até nojenta foi a público, baixou a guarda dos “edis” como se “eles” fossem imunes de sofrerem processados e serem cassados. MAKTUB!

A síndrome da mosca azul chega à câmara de Toledo I

Foto: TONY GOES

“A picada da mosca azul inocula nas pessoas doses concentradas de ambição do poder. As pessoas, então, são mais receptoras ao veneno da mosca quando vivem situações nas quais dispõem, de fato, de possibilidades mais concretas de exercer um poder maior. Isto é, quando as condições objetivas são favoráveis aos impulsos que estão sendo estimulados no plano subjetivo”. Leandro Konder

“Mamão-mole”

Primo João Mommoli, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência falou ao programa “papo franco” do jornalista Batista Franco nessa quarta feira sobre o ofício que protocolou pedindo retratação por parte do Presidente do Legislativo que Votou contra a deliberação do conselho e depois, em entrevistas afirmou ter votado a favor.

“Mamão-mole” I
O que mais deixou Primo João Mommoli revoltado foi de o presidente do Legislativo ter “satirizado” desrespeitosamente o seu sobrenome (mommoli – mamão-mole) obrigando-o a formalizar denúncia representativa junto ao conselho de ética da Casa Legislativa que tem como presidente o vereador Marcos Zanetti.

Dos leitores:
Um produtor rural de Toledo enviou a Gazeta esses textos, relatando o que aconteceu com ele na semana passada:
….. enquanto isso motorista de um caminhão da prefeitura de Toledo usa caminhão do município pra fazer entrega de terra para aterro particular ….mas ele é concursado, não pode ser mandado embora, e se falar alto com ele ainda pode ser processado por desacato ….

%d blogueiros gostam disto: