Tuesday, July 16, 2019
Isenção e Verdade


Reconhecimento e falta de consideração

Saindo do bloco O vereador Leandro Moura, protocolou oficio a mesa diretiva da Câmara Municipal de Toledo seu pedido de…

Por Eliseu Langner de Lima MTPR 11737 , em Gente x Poder , no dia21 de junho de 2019, 17:45h

Clique Aqui


Saindo do bloco

O vereador Leandro Moura, protocolou oficio a mesa diretiva da Câmara Municipal de Toledo seu pedido de desligamento do bloco de parlamentar de “oposição”. Em sua justificativa, consta que já vem atuando de forma “independente” e apenas quis formalizar. Para nós, entendido ficou que, os últimos acontecimentos foram e é o grande motivo de o vereador não ficar no mesmo bloco da vereadora Marli do esporte. 

Trabalhos aos domingos e feriado e regulamentado

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo art. 71, inciso I, do Decreto nº 9.745 de 8 de abril de 2019 e pela Portaria nº 171 do Ministério da Economia, de 17 de abril de 2019, Processo nº 19964.101240/2019-89, resolve: Art. 1º É concedida, em caráter permanente, autorização para o trabalho aos domingos e feriados às atividades constantes do anexo a esta Portaria.

Prêmio IMPAR

O departamento de MKT da RICTV Oeste, de Toledo no enviou convite para prestigiar o evento prêmio IMPAR, que acontecerá na próxima terça-feira dia 25 de junho às 20h no Recanto Verde Toledo.  Esse evento premia as marcas mais lembradas e preferidas junto aos paranaenses.

Reconhecimento e falta de consideração

Se um empresário não paga os “aumentos” salariais é taxado de nó cego e já recebe um convite para o TRT.  Se um prefeito não paga por que depende do tal “limite prudencial”, não é competente e os tais sindicatos descem a lenha a fazem greve e assim, se comporta o ser humano, se recebe, não reconhece tanto na vida privada quanto pública.

Reconhecimento e falta de consideração I

Vejamos, em Toledo sem querer puxar saco de ninguém, recentemente teve algumas manifestações sindicais para que o município pagasse as progressões, licenças pecúnio que já estavam bem atrasadas e, é um direito dos beneficiados que já esperavam a muitos anos sendo atendidos pela atual administração e se quer, houve uma manifestação de ufa…até que enfim, ou aplausos…..será que algum vereador e o sindicato irão enxergar isso?

Reconhecimento e falta de consideração II

Lembro-me que no ano de 2017, o prefeito não pode liquidar os valores que os servidores tinham de direito a receber da gestão anterior em virtude do limite prudencial estar acima do permitido e isso só seria resolvido se houvesse a redução do limite prudencial que estava em 53,45% e hoje, com 49,40% deu folga ao caixa para quitar essas pendências.

Reconhecimento e falta de consideração III

Os pagamentos de licenças (pecúnias) pendentes dos anos 2016, 2017 e 2018 serão feitos de forma escalonada e recentemente, foram pagos os débitos de outubro, novembro e dezembro de 2015 referentes a 23 servidores num total de R$ 41.037,00 e essa medida, foi liquidado R$ 913.524,94 mil pendentes desde 2016.


Reconhecimento e falta de consideração IV

Reconhecer parece que não é uma dádiva do ser humano, por que eles entendem que apenas estão recebendo o que lhes é de direito e concordo. Mas a gratidão e reconhecimento valorizam, qualquer gestor seja ele um vendedor de picolé ou um prefeito.

Reconhecimento e falta de consideração V

Já cobrei nessa coluna, muitos erros dessa administração, mas, sou bem verdadeiro em reconhecer as assertivas. Bastam ver os números do município que estão em ordem e isso graças a competente equipe da Secretaria da Fazenda, capitaneados por Balnei Rotta.  Números esses que equilibrados favorecem esses avanços nas carreiras, na implantação do piso mínimo para os servidores, na gratificação de responsabilidade técnica, no pagamento do vale alimentação, no reajuste salarial de 3,57% e o pagamento das pecúnias e progressões. Isso merece ser reconhecido e aplaudido, até pela oposição!