Friday, July 10, 2020
Isenção e Verdade


Formação regional estimula criação de receitas saudáveis para a alimentação escolar

A Itaipu Binacional, juntamente com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, por intermédio do Convênio…

Por redacao gazeta , em AgroGazeta Economia , no dia3 de junho de 2019, 10:26h

A Itaipu Binacional, juntamente com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, por intermédio do Convênio Linha Ecológica, está promovendo a quarta edição de formação continuada com cozinheiras, coordenadores de alimentação escolar e nutricionistas de 58 municípios. São 100h de formação. Após será promovido o quarto concurso de receitas saudáveis.

Os eventos de formação ocorrem em paralelo às conferências de segurança alimentar, que em 2019 tem como tema ‘Comida no Campo e na Cidade: o que temos e o que queremos?’. São sete polos regionais com formações que, no mês de junho iniciam nesta segunda-feira (03), em Santa Terezinha de Itaipu. No dia 07 será em Matelândia, dia 13 em Toledo, dia 14 em Guaíra, 17 em Palotina, 24 em Assis Chateaubriand, e dia 28 em Catanduvas.

Dentre os parceiros para a formação estão a Associação de Nutrição do Oeste do Paraná (Anuop), com certificação dos participantes pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em curso de extensão, segundo o coordenador do Convênio Linha Ecológica, Mauri Schneider.

Módulos

Os principais temas do primeiro módulo são relações interpessoais, separação de resíduos típicos de cozinha, compostagem e construção de cardápios com alimentos da agroecologia e da agricultura orgânica. Este processo visa contribuir com o dia a dia dos profissionais no ambiente de trabalho e atender a necessidade e demanda de política pública com a compra de 30% dos alimentos com procedência local com estímulo a circuitos curtos de comercialização. O segundo módulo contempla boas práticas de manipulação de alimentos e segurança do trabalhador. O terceiro módulo está voltado para a utilização das plantas alimentícias não convencionais (Pancs), na Alimentação Escolar.

Cardápios

O trabalho embasa a criação de cardápios alternativos com alimentos da agricultura familiar para a publicação do 4º Caderno de Receitas Saudáveis para a Alimentação Escolar da Bp-3. Com esta ação o que se quer, segundo Mauri Schneider, é incentivar cozinheiras e nutricionistas a criarem cardápios alternativos com produtos de procedência da agricultura familiar do município, estimular a aprendizagem através de uma boa alimentação, contribuir com hábitos alimentares saudáveis, fortalecer a economia local, incentivar a produção, comercialização e consumo de alimentos da agricultura familiar e orgânica e resgatar o cultivo com a sabedoria popular das plantas medicinais, condimentares e com propriedades funcionais para a alimentação escolar.

Fonte: Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu . Assessoria de Imprensa: João Vanderlei Eberhart

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: